+244 938 695 730 | +244 915 254 704 | Brasil: +55 21 3172-2828 reservas@atbt.com.br

Mesmo quem viaja com frequência, às vezes passa despercebido por dicas que podem fazer a sua viagem muito mais tranquila. Por isso, separamos algumas informações úteis tanto para que voa regularmente quanto tripulantes de primeira (ou segunda, terceira…) viagem:

Fique atento à hora: apresente-se para o check-in no horário estipulado pela companhia aérea. Em geral, o prazo é de, pelo menos, 1h de antecedência para voos nacionais e 2h para voos internacionais.

Bagagem: em média, cada passageiro pode despachar até 23kg de bagagem. Em voos domésticos, a bagagem de mão não pode exceder 115cm (altura + comprimento + largura) e 5kg. Para voos internacionais, consulte a sua cia. aérea sobre as normas específicas do seu país de destino.

Conteúdos das malas: Líquidos, géis e pastas devem ser conduzidos em uma embalagem plástica transparente de até 1L, e cada recipiente não pode exceder o volume de 100ml. Vale lembrar que objetos cortantes ou perfurantes só podem ser levados na bagagem despachada.

Documentos: apresente um documento oficial com foto, como RG ou CNH. Em viagens internacionais, é imprescindível a apresentação do passaporte brasileiro válido, exceto para países do Mercosul (Argentina, Uruguai, Paraguai, Bolívia, Chile, Peru, Equador e Colômbia).

Embarque de crianças: para embarque de crianças e adolescentes, é aceita a certidão de nascimento. Em caso de viagem com apenas um dos pais ou desacompanhado, verifique as exigências da Vara da Infância e da Juventude da localidade de embarque.

Na hora de embarcar: os portões de embarque podem sofrer mudanças. Preste atenção aos avisos sonoros sobre as chamadas para embarque e aos painéis de chegadas e partidas.

Segurança: leve seus pertences mais valiosos com você e guarde as notas fiscais de todos os itens comprados no exterior. Também é recomendável fotografar as malas prontas antes de fechá-las para o caso de serem extraviadas.

Aviso aos tripulantes: obedeça sempre os avisos escritos a bordo ou transmitidos pela tripulação.

Caso sua mala suma… Procure a empresa aérea preferencialmente ainda na sala de desembarque ou em até 15 dias após a data de chegada. Para fazer sua reclamação, é necessário apresentar o comprovante de despacho da bagagem.

Vacinas: consulte se o seu país de destino exige o Certificado Internacional de Vacinação ou a profilaxia contra a febre amarela. Veja mais no portal da Anvisa.

Boa viagem!

Share This