+244 938 695 730 | +244 915 254 704 | Brasil: +55 21 3172-2828 reservas@atbt.com.br

As 7 Maravilhas Naturais de Angola já foram escolhidas e são realmente lugares que merecem o título. No entanto, das 27 finalistas, 20 ficaram de fora, mas merecem destaque mesmo assim. Apesar de não terem sido premiadas, os outros locais são tão incríveis quanto os próprios vencedores.

A Bacia do Okavango, localizado na província de Cuando Cubango, tem cerca de 323 mil km² e sua área é compartilhada pela Angola, Namíbia e Botswana. Sua nascente, no norte de Cuando Cubango, tem águas azuis e uma diversidade de peixes, lontras e jacarés.

O Deserto de Namibe também estava entre as finalistas. Seu deserto abriga o Parque Nacional do Yona, Reserva Especial do Namibe, Baía dos Tigres e as Lagoas de Arco e do Carvalhão. Compartilhado entra Namíbia e Angola, é considerado o deserto mais antigo do mundo. A Welwitschia Mirabilis, planta que tem em grande quantidade, pode alcançar mais de mil anos de vida e 1.4 metros de altura. Não é à toa que virou símbolo de Angola!

Aparentemente, a beleza das Grutas de Sassa não foi suficiente para lhe conceder o título. Além dos maravilhosos corais, únicos no mundo, o local se torna ainda mais interessante e atrativo por te sido refúgio dos antepassados.

Foi por pouco que a Ilha de Mussulo não virou uma das sete maravilhas. Um dos lugares mais visitados e famosos de Luanda, conhecido por sua praia paradisíaca e sua restinga, que abriga a Baía do Mussulo.

Infelizmente, só sete foram eleitas, mas isso não dimunui a beleza de todas as outras candidatas. E você, qual incluiria na lista?  

Share This