+244 938 695 730 | +244 915 254 704 | Brasil: +55 21 3172-2828 reservas@atbt.com.br

Ao menos 17 companhias aéreas anunciaram a previsão de retomada dos voos internacionais a partir de São Paulo, suspensos após o decreto de pandemia do novo coronavírus pela Organização Mundial de Saúde (OMS), revelou o acompanhamento do Centro de Inteligência e Economia do Turismo, da Secretaria de Turismo do Estado. Segundo balanço, essas empresas respondem por 22 rotas para a América do Norte, Central e do Sul, além de Europa, Oriente Médio e África.

As europeias Alitalia, British Airways, Lufthansa, Air France, KLM e TAP anunciaram o retorno para maio; a Air Europa, que liga a capital paulista a Madri, retornará em junho. As americanas United Airlines e American Airlines programaram a reabertura para o início de junho, com exceção das rotas São Paulo-Miami, prevista para 7 de maio e São Paulo-Los Angeles, apenas para 25 de outubro— ambas da AA.

Também em maio devem retomar as operações a Aeroméxico, para a Cidade do México no dia 1º, a Taag, com Luanda, dia 15 e a FlyBondi, para Buenos Ayres, dia 29. Em junho preveem o retorno a Air Canadá, para Toronto, e a Copa Airlines, para o Panamá, no dia 1º, a Emirates, para Dubai (2 de julho) e a Avianca, para Bogotá, ainda sem dada definida

Entre as nacionais, a Azul, que manteve Fort Lauderdale, Orlando e Lisboa uma vez por semana, tem previsão de voar de Campinas para Barilloche, na Argentina a partir de 30 de junho, quando tem início a temporada de inverno; e previsão da Gol é retornar em 31 de maio; a Latam informou a expectativa de retorno das rotas internacionais em maio, começando por São Paulo-Miami.

Fonte: Panrotas

Share This