+244 938 695 730 | +244 915 254 704 | Brasil: +55 21 3172-2828 reservas@atbt.com.br
Como funciona

Com o serviço, o cliente que já tiver feito o check-in no aplicativo da companhia pode se dirigir diretamente a uma das bancadas digitais disponíveis e, apontando o QR-Code para a tela do tablet, retira automaticamente a etiqueta da bagagem.

Depois de etiquetar a própria bagagem, o cliente entrega a mala e segue para o saguão de embarque. Tudo de um modo bem simples, prático e rápido, sem que seja necessário encarar a fila do check-in para realizar o despacho da bagagem e com o mínimo de contato físico possível.

O que diz a Azul

“Com as bancadas digitais de autoatendimento para despacho de bagagem, incrementamos o ciclo de tecnologias que facilitam e agilizam o embarque dos Clientes, tornando-o mais eficiente e, claro, seguro. Agora, o Cliente da Azul pode fazer a compra da passagem online, realizar o check-in no aplicativo, usar a bancada para emitir a etiqueta da bagagem, sem precisar nem tocar a tela, e, depois, embarcar com ajuda do Tapete Azul, evitando aglomerações e mantendo o distanciamento social necessário. São serviços pioneiros que mostram nosso comprometimento em oferecer uma experiência de voo cada vez mais eficiente e segura aos nossos Clientes”, explica Elisabete Antunes, diretora de Aeroportos da Azul.

Medidas de saúde da Azul

Desde o início da pandemia, a Azul tem orientado o check-in pelo aplicativo da companhia e, recentemente, lançou o Tapete Azul, tecnologia pioneira no mundo que, através de realidade aumentada, projeta um tapete virtual colorido e móvel no portão de embarque, convidando a pessoa a se posicionar na fila de acordo com seu número de assento.

A inovação, já disponível nos aeroportos de Recife, Curitiba, Goiânia, Campinas, Florianópolis, Vitória, Congonhas, Santos Dumont, vem proporcionando uma diminuição no tempo em que uma pessoa leva entre embarcar e sentar dentro do avião e, de quebra, contribui para o distanciamento social, já que os Clientes convocados para o embarque ficam a quatro metros de distância entre si.

Até o fim de 2020, empresa espera implementar Tapete Azul em 95 portões de embarque, contemplando 75% dos voos domésticos da Azul

A tecnologia começou a ser testada em Viracopos no início deste ano e, agora, já está disponível também nos aeroportos de Recife, Aracaju, Curitiba, Vitória, Florianópolis, Belo Horizonte e no Santos Dumont, no Rio de Janeiro. Até o fim do ano, a companhia pretende implementar o serviço em 27 bases e 95 portões de embarque.

FONTE: PORTAL PASSAGEIRO DE PRIMEIRA


Share This