+244 938 695 730 | +244 915 254 704 | Brasil: +55 21 3172-2828 reservas@atbt.com.br

Suíça exige a apresentação a apresentação de um passe sanitário para acessar atrações turísticos, restaurantes e eventos em ambientes fechados. O documento comprova que seu detentor já foi totalmente vacinado contra a Covid-19, se recuperou da doença ou testou negativo recentemente. Veja o passo a passo para obter o seu:

  1. Acesse esse site.
  2. No box da esquerda, onde está escrito “I am just visiting Switzerland”, clique em “Request COVID-19 certificate”.
  3. No box da direita, onde está escrito “Fully vaccinated”, clique em “Request COVID-19 certificate”.
  4. Na etapa 1 do formulário, clique em “Yes, outside Switzerland” para informar que você foi vacinado fora da Suíça. Na sequência, preencha os campos em branco com dados do hotel onde você ficará hospedado: nome, endereço, código postal, cidade e região. Por fim, selecione o nome da vacina que você recebeu (a opção Sinovac/Coronavac* estará disponível a partir de 1º de dezembro).
  5. Na etapa 2 do formulário, informe o seu nome, data de nascimento e e-mail. Você precisará inserir também um número de confirmação que será enviado para o seu e-mail. Ao final, preencha o número de doses recebidas, o número de doses necessárias, a data de recebimento da última dose e o país onde ela foi administrada.
  6. Na etapa 3 do formulário, você terá que anexar os seguintes documentos em pdf, jpeg, png ou tiff: documento de identidade (passaporte), comprovante de vacinação (pode ser emitido em inglês pelo Conecte SUS) e comprovante de estadia na Suíça (como a reserva do hotel).
  7. Na etapa 4 do formulário, confira se as informações estão corretas.
  8. Na etapa 5 do formulário, você deve efetuar o pagamento de uma taxa de CHF$ 30. Quando o pagamento for confirmado, você receberá um e-mail avisando.
  9. O prazo para o recebimento do passe sanitário suíço por e-mail é de cinco dias.

*Coronavac – O passe sanitário das pessoas que foram vacinadas com Coronavac tem um prazo de validade reduzido de 30 dias. Após esse período, é preciso realizar testes de antígeno a cada 48 horas ou RT-PCR a cada 72 horas e inserir os resultados no aplicativo do passe sanitário, que gera o QR Code solicitado na entrada dos estabelecimentos. Os exames estão sendo oferecidos gratuitamente aos viajantes estrangeiros em laboratórios credenciados.

Aberta para brasileiros

Para ingressar na Suíça, basta apresentar o comprovante de vacinação emitido através do Conecte SUS (veja como obter o seu aqui), onde consta o nome do passageiro, a data de nascimento, o nome da vacina, as datas e o local das aplicações.

As vacinas aceitas atualmente são aquelas aprovadas pela Organização Mundial da Saúde (OMS): Pfizer, AstraZeneca (incluindo Covishield/Fiocruz), Janssen, Moderna, Sinopharm e Coronavac. Aqueles que receberam a vacina da Janssen devem aguardar 22 dias após a aplicação para embarcar. Já os que receberam Pfizer, AstraZeneca, Moderna, Sinopharm ou Coronavac devem ter recebido a segunda dose dentro dos últimos 12 meses para ter entrada liberada.

Os brasileiros que ainda não foram vacinados contra a Covid-19 continuam impedidos de entrar na Suíça. As exceções são os passageiros de até 16 anos, que devem estar viajando com um responsável vacinado, e os que têm entre 16 e 18 anos, que devem apresentar resultado negativo para um exame do tipo RT-PCR.

Atualmente, a Swiss Airlines opera voos diários de São Paulo a Zurique. Caso o viajante tenha a intenção de seguir a partir da Suíça para outros países, serão válidas as regras da nação de destino. Para retornar ao Brasil, é necessário sempre apresentar o teste RT-PCR negativo e declaração de saúde.

 

FONTE: PORTAL VIAGEM E TURISMO

FOTO: SONYUSER/PIXABAY

Share This