Apenas visitantes totalmente vacinados serão permitidos no Catar para a Copa do Mundo do ano que vem, que será disputada em novembro.

Além disso, para conquistar a meta de ter um torneio totalmente livre da doença, o governo país-sede está negociando, com a iniciativa privada, uma parceria para assegurar um milhão de doses de vacina a fim de imunizar e vacinar turistas a caminho do mundial de futebol, embora não esteja claro como esses imunizantes serão oferecidos e distribuídos.

Vale lembrar que a maioria das vacinas requer duas doses em um intervalo de semanas ou até meses.

Fonte: Portal PANROTAS

Share This