A Transport Security Administration (Administração de Segurança do Transpiorte/TSA) dos Estados Unidos confirmou que, seguindo a orientação judicial, não mais exigirá o uso de máscaras em transportes públicos, incluindo voos, e hubs de passageiros, como aeroportos. O CDC continua recomendando o uso de máscara em lugares fechados com muita gente e em transportes, mas o uso não é obrigatório.

As companhias aéreas e aeroportos também estão se adaptando à decisão judicial e à nova orientação do governo Biden.

No site da Delta Air Lines, também há a confirmação de que não é necessário usar máscaras em aeroportos e voos, mas passageiros e tripulantes podem optar por viajar de máscara.

O Aeroporto de Dallas-Fort Worth, no Texas, também confirma a medida e diz que o uso para clientes e funcionários é facultativo. O aeroporto recomenda ainda que os passageiros falem com as empresas aéreas sobre regras próprias e dos destinos que possam ainda estar em vigor.

A decisão é para todos os voos domésticos nos Estados Unidos e a maioria dos internacionais, que dependem de regulação dos demais países.

Mais que nunca é preciso ficar atento às notícias e regras, pois o governo Biden ainda estuda se vai apelar contra a decisão judicial, já que o CDC havia estendido até 3 de maio a obrigatoriedade do uso de máscaras em voos e aeroportos, entre outros locais públicos. Viajar com a máscara na bagagem de mão ainda é fundamental, pois o passageiro pode ser pego de surpresa entre conexões e decisões judiciais. De qualquer forma, a tendência era de que depois de 3 de maio o próprio CDC iria relaxar as regras.

O trade americano agora pressiona o governo para acabar com a exigência de teste de covid-19 para entrar no país, deixando apenas a apresentação do certificado de vacinação.”

 

Fonte: Panrotas

Foto: Canva

Share This