GOL anunciou que vai voltar a operar voos de Brasília para o estado da Flórida, nos Estados Unidos. A partir do mês que vem, a companhia voltará a voar entre a capital federal e os aeroportos de Miami (MIA) e Orlando (MCO).

No dia 13/05 a GOL retomará suas operações na rota Brasília e Miami, já no dia 17/05 será a vez de Orlando receber voos da companhia partindo da capital brasileira. As duas cidades da Flórida são gigantes em viagens de turismo e de negócios, além de ser lar de milhares de brasileiros.

“Orlando e Miami estão no topo dos destinos internacionais mais apreciados pelos brasileiros, e é com grande expectativa que a GOL retoma os voos para os Estados Unidos. Com a parceria estratégica da GOL com a American Airlines oferecemos aos clientes a melhor conectividade a partir do hub em Miami e na cidade de Orlando, com 28 destinos adicionais nos EUA”, ressalta Randall Saenz Aguero, diretor de Alianças, Internacional e Distribuição da GOL.

Voos GOL para os EUA

Pela GOL, ambos os destinos vão receber em maio quatro saídas semanais de ida e volta a partir de Brasília. Os voos para Orlando decolam às 9h50 da capital federal e aterrissam na Flórida às 17h10, às segundas, quartas, sextas e sábados, mesmos dias da volta, que se dá às 22h10, com pouso às 7h10 no Brasil:

Para Miami, a partida acontece às 10h e a chegada na cidade americana, às 17h05, sempre às terças, quintas, sábados e domingos. Já o retorno, nos mesmos dias da semana, é às 21h30, com pouso às 6h20 em Brasília:

Ambas as rotas serão operadas com a mais moderna aeronave da frota da GOL, o Boeing 737 MAX, que, em configuração internacional, tem capacidade para 176 passageiros.

Atuação da GOL nos Estados Unidos

Tradicionalmente, os voos diretos para os EUA partem de aeroportos na região Sudeste. A descentralização proporcionada pela GOL traz economia de tempo para os passageiros das regiões Centro-Oeste, Norte e Nordeste, uma vez que a conexão em Brasília é mais conveniente.

“Goiânia (GYN), Belém (BEL), Manaus (MAO), Recife (REC), Salvador (SSA), Belo Horizonte (CNF) e Fortaleza (FOR) estão entre as cidades favorecidas pelo embarque em Brasília com destino aos Estados Unidos, dada a geografia privilegiada da capital federal em localização central no Brasil. No caso das capitais do Norte e Nordeste, por exemplo, contando-se a ida e a volta a Miami com a GOL, cerca de 8 horas são poupadas na soma de todos os trajetos, em comparação com a viagem de um passageiro que sai dessas localidades, passa por aeroportos no Sudeste e segue para os EUA”, afirma Bruno Balan, gerente de Planejamento Estratégico de Malha Aérea da GOL.

Ganham destaque, ainda, os aeroportos de Congonhas (CGH), em São Paulo, e Santos Dumont (SDU), no Rio de Janeiro, como pontos iniciais da viagem. São aeroportos de fácil acesso pela localização central nas cidades em que se encontram e dispõem de expressiva oferta de voos da GOL para Brasília, permitindo conexões ágeis para os EUA.

Como são voos diurnos (decolam para Orlando às 9h50 e para Miami às 10h), passageiros oriundos de diversas bases da GOL no País podem se beneficiar de um voo internacional concluído em um só dia, a contar do ponto de origem. Isto é, com tempo hábil para a conexão internacional em Brasília. Os horários favorecem, inclusive, o processo de check-in nos hotéis, já que a companhia aterrissa nas duas cidades americanas por volta das 17h.

A GOL opera a rota entre Brasília e as cidades da Flórida desde 2018, mas teve de suspender os voos devido a pandemia. Os bilhetes já podem ser adquiridos no site e no aplicativo da companhia, na Smiles, nas lojas GOL nos aeroportos, pelo telefone da Central de Relacionamento (0300 115 2121) e agências de viagem.

 

Fonte: Passageiro de Primeira

Foto: Divulgação

Share This