Visto eletrônico brasileiro já está disponível e vale por 10 anos; entenda

8 dez 2023 | Notícias

Turistas australianos, canadenses e norteamericanos já podem solicitar seu visto eletrônico para o Brasil – o chamado e-Visa – por meios digitais. O documento passa a ser exigido para turistas destes três países a partir do dia 10 de janeiro de 2024.

A emissão do visto será 100% eleltrônica, sem necessidade de comparecimento presencial a consulados brasileiros. O processo envolve a apresentação de documentação via digital e recebimento do visto eletrônicamente, via e-mail.

O visto eletrônico custará US$ 80,90 e permitirá multiplas entradas no País com prazo de validade de dez anos para americanos e cinco anos para canadenses
e australianos.

“Apesar da volta da obrigatoriedade do visto para os cidadãos desses três países, o governo federal, por meio do Ministério do Relações Exteriores, tem trabalhado para tornar esse processo o mais ágil possível, não havendo necessidade de o turista se deslocar até a Embaixada e podendo ser solicitado online. Inclusive, dados da Organização Mundial do Turismo mostram que a facilitação da entrada de turistas pode contribuir para o aumento de até 25% da entrada de estrangeiros em um País”,

Celso Sabino, ministro do Turismo

A Embratur e o Ministério do Turismo atuam na produção e distribuição de informações sobre o procedimento de emissão do visto a todos os operadores turísticos e companhias aéreas que vendem, nesses três países, passagens e pacotes para o Brasil. Os conteúdos divulgados pelas entidades são em formato de vídeo, peças de redes sociais, hotsite, e-mail marketing e cartazes que serão fixados nos postos diplomáticos do Brasil.

Os Estados Unidos é o segundo maior país emissor de turistas para o Brasil, atrás apenas da Argentina. Nos 10 primeiros meses de 2023, 530.690 norteamericanos visitaram o Brasil (11% do total). No mesmo período, recebemos 66.338 canadenses (16º maior emissor) e 38.544 australianos (17º maior emissor).

“Estamos em constante contato com nossos parceiros comerciais nesses três países para demonstrar como é fácil e rápido emitir o visto. Estamos nos comunicando com as empresas de cruzeiros, companhias aéreas, grandes operadores e agências de viagens, para que a informação seja ampla e chegue para quem já comprou sua viagem e quem planeja visitar o Brasil. Estamos em contato permanente também com o Itamaraty e a empresa que opera a emissão do visto digital, para que essa transição ocorra com tranquilidade e segurança”

Marcelo Freixo, presidente da Embratur

Fonte: Panrotas

Últimas notícias

Como tirar o visto americano: passo a passo

Como tirar o visto americano: passo a passo

Cidadãos brasileiros devem ter visto para entrar nos Estados Unidos. Para te ajudar no processo de tirar o documento, preparamos um guia passo a passo com as informações sobre tipos de visto, formulários, agendamento e entrevista. Prepare-se para dedicar no mínimo uma...

ler mais
Share This