Dicas para quem vai viajar de avião nesta alta temporada de verão

28 dez 2023 | Notícias

Chegamos à última newsletter do ano, ao início do verão no Brasil e à alta temporada de viagens. Esses dias finais de 2023 deverão movimentar os aeroportos do País, com milhares de embarques, desembarques ou conexões. A maioria da procura por voos é para destinos litorâneos, como as praias do Nordeste, Salvador e Recife, principalmente. Cidades turísticas, como Rio de Janeiro e Belo Horizonte, também estão na escolha dos passageiros. Já São Paulo lidera com quantidade de voos. Se você também está prestes a embarcar, separamos algumas dicas importantes:

1 – Chegue no aeroporto com pelo menos 2h de antecedência para voos domésticos e 2h30 para voos internacionais. Se possível, chegue ainda antes, pois muitas vezes as filas de check-in ou segurança estão maiores e mais lentas do que o esperado. Se tiver acesso a uma sala vip, pode esperar pelo voo tranquilamente em uma delas ou aproveitar o tempo livre para fazer refeições ou compras de última hora no aeroporto.

2 – Para agilizar o processo na fila de raio-x, retire todos os objetos metálicos que estiver carregando – cintos, relógios, chaves, moedas e celulares. Notebooks também devem ser retirados de malas e mochilas e depositados nas caixas plásticas para inspeção. Vale lembrar que alguns itens são proibidos na bagagem de mão, como objetos cortantes ou perfurantes. Para evitar o descarte dos objetos no canal de inspeção, transporte-os em sua bagagem despachada. Uma boa ideia é colocar todos os objetos em um mesmo local (mochila ou na mesma caixa de inspeção) para não esquecer de nada.

3 – Outra dica importante é sobre a quantidade, volume e peso de bagagens de mão. Confirme com a sua companhia aérea as regras para não precisar despachar a bagagem quando estiver embarcando. Este processo pode atrasar o voo. Geralmente pode-se levar uma mala de mão de até dez quilos e mais um item pessoal, como bolsa. Muitas companhias, vendo a lotação do voo, oferecem despacho gratuito da mala de mão já no check-in. Se você aceitar, lembre-se de tirar objetos frágeis e de valor. Se você faz parte dos últimos grupos a embarcar (3, 4 ou 5, geralmente) a companhia pode obrigar o despacho na hora do embarque por falta de espaço. Melhor então se antecipar.

4 – Os horários de pousos e decolagens podem ser acompanhados pelos monitores espalhados pelo terminal ou pelo site do aeroporto. Consulte o site do aeroporto em que você vai embarcar ou aplicativos que monitoram voos, inclusive os apps das próprias companhias.

5 – Vai viajar para o Exterior? Fique atento à validade do seu passaporte, aos vistos necessários para entrar em alguns países e às vacinas exigidas. Sim, tem passageiro que só vê que o passaporte está vencido no aeroporto!

6 – Para embarcar é necessário apresentar documento com foto. São aceitos: passaportes, carteiras de identidade, carteiras de motoristas e carteiras de trabalho. O documento digital também é aceito. Se perder ou for roubado, é preciso registrar um boletim de ocorrência na Polícia e apresentar no aeroporto.

7 – Fique atento à documentação e à autorização para viajar com menores de 16 anos.

8 – Os objetos esquecidos e perdidos no aeroporto, quando localizados, são enviados ao departamento de “Achados e Perdidos” dos terminais. Objetos esquecidos dentro das aeronaves são de responsabilidade das companhias aéreas. Caso você esqueça algum item dentro do avião, procure a empresa pela qual viajou.

9 – Malas e bagagens de mão devem estar sempre acompanhadas de seus donos. Por motivo de segurança, nunca deixe seus pertences desacompanhados, pois há quadrilhas especializadas em furtar malas de mão em aeroportos, às vezes até trocando por outras malas, sem que o passageiro perceba. Não descuide nem mesmo na sala vip ou na sala de embarque. No avião, documentos e objetos de valor devem sempre seguir com você, inclusive até o banheiro.

10 – O conteúdo das malas é de responsabilidade do passageiro. Fique atento, pois transportar objetos de terceiros pode ser um risco.

11 – Em caso de dúvidas, procure os funcionários do aeroporto no balcão de informações ou utilize os aerofones.

12 – Ao optar por transporte por aplicativo ou táxi, preste atenção ao embarcar. O serviço de táxi possui uma área própria e credenciada para o serviço no aeroporto. Motoristas de aplicativo não abordam passageiros. As corridas devem ser feitas pelo sistema da empresa em seu celular. Confira a placa e o nome do condutor do veículo antes de embarcar.

13 – Para agilizar o processo de embarque, recomendamos que o passageiro realize o check-in de forma on-line, antes de sair de casa. Casa não seja possível, há a opção de realizar o check-in nos totens de autoatendimento, desafogando as filas para atendimento por um funcionário do balcão da companhia aérea.

14 – No site da Anac o passageiro encontra seus direitos e deveres e as respostas para as principais dúvidas relacionadas a viagens. Também é possível solucioná-las pelo atendimento eletrônico da agência, via WhatsApp. Em caso de atrasos ou cancelamentos, a primeira pessoa a ser procurada é o atendente da companhia aérea. O mesmo vale para perda de bagagem. Não saia do aeroporto sem falar com um atendente sobre perda ou danos a sua bagagem.

15 – Os aeroportos contam com postos médicos para atendimento de passageiros e tripulantes em emergências. Consulte os sites ou balcões de informação dos aeroportos para localizá-los.

16 – Fique atento às chamadas do voo em áudio e aos monitores, pois são comuns as trocas de portão de embarque. Espere sempre perto do portão designado para ouvir os avisos e tirar dúvidas com atendentes. Se o embarque for em posição remota, o transporte até o avião será em ônibus, implicando um processo um pouco mais demorado.

No mais, conte com nossos consultores e boa viagem!

 

*Com informações do Portal Panrotas e da Inframerica, administradora do Aeroporto de Brasília

Foto: Canva

Últimas notícias

Israel implementa visto eletrônico para brasileiros

Israel implementa visto eletrônico para brasileiros

Brasileiros precisarão preencher uma autorização eletrônica de viagem antes de entrar em Israel. A medida entrará em vigor a partir de agosto de 2024. O Ministério de Turismo de Israel anunciou a implementação do novo sistema de Autorização Eletrônica de Viagem...

ler mais
Voo cancelado: o que fazer e quais os seus direitos

Voo cancelado: o que fazer e quais os seus direitos

É uma experiência que está entre os piores imprevistos de uma viagem: quando menos se espera, a companhia aérea avisa que o voo foi cancelado. Ou, em uma situação também inconveniente, o voo até sai, mas atrasa tanto que você acaba perdendo a conexão. Um cancelamento...

ler mais
Share This