+244 938 695 730 | +244 915 254 704 | Brasil: +55 21 3172-2828 reservas@atbt.com.br

Decisão ocorre em resposta à demanda decrescente e em meio a medidas restritivas adotadas pelo governo americano por conta do novo Coronavírus

A American Airlines decidiu suspender 75% de seus voos internacionais, incluindo todas as rotas para o Brasil, por 51 dias, contados a partir de 16/03.

A decisão, comunicada no sábado (14/03), ocorre em resposta à demanda decrescente pelos voos e em meio às medidas restritivas adotadas pelo governo americano em virtude do avanço do novo coronavírus. O país fechou as fronteiras para países europeus e recentemente declarou estado de emergência nacional.

Até hoje, a empresa operava voos de Miami, Dallas, Los Angeles e Nova York para São Paulo. Para o Rio de Janeiro, havia opções de voos de Nova York e Miami. Também havia viagens de Miami para Manaus e Brasília. Todos estão suspensos até 6 de maio.

A American Airlines informou que continuará a operar dois voos diários a Londres, sendo um partindo de Dallas e outro de Miami, e três semanais para Tóquio, saindo de Dallas. Todas as demais viagens para Ásia e Europa serão suspensas, sendo algumas rotas de forma gradual nos próximos sete dias.

Segundo a empresa, haverá voos internacionais curtos, para o Canadá, México, América Central, Caribe e alguns destinos do norte da América do Sul, todos operados pelos Boeings 737 e 757 ou pelos Airbus A319, A320 e A321.

A companhia aérea também anunciou modificações nas atividades para voos domésticos, com decréscimo de 20% na capacidade em abril e de 30% em maio, ambos em relação aos mesmos períodos do ano passado.

Fonte: InfoMoney


Share This