+244 938 695 730 | +244 915 254 704 | Brasil: +55 21 3172-2828 reservas@atbt.com.br
A partir de 1º de fevereiro, a American Airlines aceitará o transporte gratuito de um animal de suporte emocional desde que ele seja um cachorro treinado. A mudança segue a definição do Departamento de Transportes (DOT), que mudou a determinação de animal de suporte emocional, aceitando apenas cachorros treinados.

Nos últimos anos passageiros apresentaram no embarque os mais diversos tipos de animais como algo que os ajudaria a diminuir a ansiedade no voo (de papagaio a porquinho da índia, passando por gatos, ratos e furões). Agora, esses animais só poderão viajar como carga (em um compartimento especial) ou na cabine, dentro de uma caixa, que caiba embaixo da poltrona. As taxas começam em US$ 125 por animal. Cachorros não treinados também terão de pagar para serem transportados.

“Nosso time é motivado para cuidar de pessoas em sua viagem, e acreditamos que essa mudança de política vai melhorar nossa habilidade para fazer apenas isso”, disso a presidente de Cargas e vice-presidente de Excelência em Aeroporto da American Airlines, Jessica Tyler. “Estamos confiantes de que essa abordagem nos possibilitará atender melhor nossos clientes, particularmente aqueles com deficiências e que viajam com um animal de serviço, além de proteger nossos colaboradores nas aeronaves e no aeroporto.”

Passageiros com um cachorro treinado e que seja de suporte emocional devem preencher um formulário do DOT 48 horas antes da viagem, comprovando que o cão é treinado e apto a realizar as tarefas de suporte, além de garantias de saúde do animal.

FONTE: PORTAL PANROTAS


Share This