+244 938 695 730 | +244 915 254 704 | Brasil: +55 21 3172-2828 reservas@atbt.com.br

O conceito de sustentabilidade está bastante em alta. São desde canetas, cadeiras, estantes e até roupas feitas de materiais reutilizados ou biodegradáveis que têm feito, cada vez mais, parte do nosso cotidiano. Além disso, quando aderimos a essa prática de usar meios que não prejudiquem tanto nosso planeta, nos sentimos fazendo parte de um futuro melhor, não é mesmo?

Pensando nisso, queremos sugerir a você, viajante, que conheça algumas das cidades que fizeram da sustentabilidade uma rotina na vida dos moradores.

Reykjavik
A capital da Islândia tem uma forte política de qualidade com transportes públicos para evitar o gasto de combustível desenfreado e o excesso de carros. Mesmo assim, quem prefere circular com seu próprio automóvel não foge da sustentabilidade local. Todos os carros de são movidos a hidrogênio, cuja combustão libera vapor de água, o que é bem menos danoso ao ambiente. Apesar da cidade ser a principal em questões sustentáveis, toda a Islândia acaba entrando na dança. O país é abastecido quase exclusivamente por fontes renováveis de energia, através de hidrelétricas e usinas geotérmicas. Eles firmaram um compromisso de se de se livrar de combustíveis fósseis até 2050.

Portland

Em Oregon, Estados Unidos, essa cidade também é chamada de Cidade das Rosas. E merece o nome. Portland é conhecida por ter um dos melhores planejamentos urbanos  e por ser uma das cidades mais verdes para se viver. São 92.000 hectares de espaços verdes e mais de 120 quilômetros de ciclovias e trilhas. Não é à toa que foi a primeira cidade a aprovar um plano global para reduzir as emissões de CO2. Os meios de transporte públicos de qualidade também ajudam a retirar a enorme quantidade de carros pelas ruas.

San Francisco

A cidade da Califórnia é repleta de números verdinhos:  quase 50% dos seus habitantes andam de bicicleta ou a pé; 17% da área total da cidade é reservada a parques e espaços verdes; e são mais de 70 projetos registrados, sendo líder nas Construções Certificadas (LEED). Foi a primeira cidade do mundo a proibir sacos plásticos e brinquedos com produtos químicos. Em 2001, abriu uma linha de financiamento para a criação de painéis solares, turbinas eólicas e para a melhoria da eficiência energética.

Copenhague, Dinamarca

Parecida com São Francisco, essa cidade da Dinamarca também conta com uma população que se locomove prioritariamente em bicicletas. Ela acaba de inaugurar um sistema de metrô que torna o trânsito ainda melhor. Além disso, tem um enorme parque eólico gerador de energia e ganhou recentemente o Prêmio Europeu de Gestão Ambiental pela limpeza das vias públicas e o planejamento ambiental a longo prazo.

Quer descobrir como é  passar uns dias nessas cidades tão verdes?

Mande um e-mail para atmais@atmais.com e venha conferir os melhores pacotes.

Boa viagem!

Share This